terça-feira, 29 de abril de 2014

MÃE - do poeta gilberto mendonça teles.

Minha mãe, sei que na vida
é teu amor que me diz
qual a estrada mais florida
que me leva a ser feliz.

O mundo é tão grande, mãe!
E a vida não vale um triz.
O sonho que a gente sonha
é falso, não tem raiz.

Ah! Minha mãe, minha vida
só pede pa ze não bis.
Só teu amor me convida
para ser bom e feliz.

domingo, 27 de abril de 2014

SER CAIPIRA É...


_ Bão ?
_ Bão ?

No interior, quando dois conhecidos se cumprimentam, acontece uma coisa interessante!
Um pergunta se o outro vai bem e esse responde com a mesma pergunta, ou seja, o que ouvimos são duas pergurtas e nenhuma resposta!
Mas eles se entendem e se sentem cumprimentados!