terça-feira, 10 de julho de 2012

NINHO


Queria ser passarinho
Nem que fosse um pardal.
Só pra você, cantar baixinho,
Escondido em seu quintal.

COTIDIANO

_Mãe, trouxe bala?
_Não.
_Eu pensava que a senhora troxia!


A mãe, esgotada com a desobediência do filho, apela:
_Vou embora, vou sair e não sei quando volto!
O filho, apressado, chama a mãe:
_Quando a senhora voltar, traz um cavalinho pra mim?!


A mãe está saindo do apartamento com a filha:
_Filhinha, vai chamando o elevador pra mamãe.
A menina, prestativa, chega pertinho do elevador, coloca as mãozinhas em concha e grita:
_E LE VA DO OOOR !!!!

FRAGMENTOS cazuza

Eu quero a sorte de um amor tranquilo

com sabor de fruta mordida,

nós dois na batida

no embalo da rede

matando a sede

na saliva.