sábado, 4 de janeiro de 2014

HABITAT FEMININO drauzio varella

Mulher não pode ser mantida em cativeiro. Se for engaiolada, fugirá ou morrerá por dentro. Não há corrente que prenda uma mulher e aquelas que se submetem à jaula, perdem o seu DNA. Você jamais terá a posse de uma mulher, o que vai prendê-la a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente.

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

MUDAR É PRECISO.

Aprendemos que nosso cérebro precisa de desafios, de mudanças em nosso cotidiano, mudanças que o façam trabalhar, que o tirem do lugar comum; detalhes bobos como mudar o caminho de casa para o trabalho, ou o lugar de se sentar, dormir nos pés da cama, experimentar novos temperos, modelos, cores ou mudar o corte do cabelo; o importante é viver a sensação da mudança, a constante adaptação a algo novo, diferente, por menor que possa parecer. Tentar ver as coisas por mais de um ângulo, sorrir mais...
É bom, vez ou outra, andar com os pés descalços, caminhar de trás pra frente, cantar uma música que nunca gostou...
Há inúmeras formas de inventar, trocar, descobrir e aprender. Há muitas formas de viver!