quinta-feira, 1 de março de 2012

COISAS QUE AGORA EU SEI

_ Não sei que sabedoria é essa que só os anos trazem! Pois eu trocaria todos os livros que li, por vinte anos a menos!
Achei graça quando ouvi isso de um amigo, reclamando por estar ficando velho, ou se sentindo assim.
E continuou:
_ Não descobri ainda nada tão engrandecedor que compense envelhecer!
Mas eu discordo. Tem sim certas coisas que só aprendemos quando a danada da vida de fato nos ensina, mas é preciso estar atento e forte.
Pena que tudo tenha um preço e nesse caso o preço é exatamente o tempo e seu efeito, que pode não ser só devastador; também pode ser positivo.
Não dá pra negociar com ele: eu aprendo menos e vc é menos cruel comigo!
A escolha é outra: lastimar pelo inevitável envelhecer ou perceber que, afinal, as mudanças também podem acontecer em nosso interior.
É pegar ou largar!!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

COMPRANDO CEBOLINHA

Família reunida no domingo, almoço no fogo, quase pronto, descubro que não tenho cebolinha verde. E agora, tudo fechado, onde comprar? Então me lembro que a quitanda da esquina ainda está aberta e peço pra minha sobrinha, ainda pequenina, ir até lá comprar um maço de cebolinha pra tia terminar o almoço.
-Sozinha?
-É aqui pertinho, nem precisa atravessar a rua. Eu fico te olhando no portão.
-Não, não precisa olhar, eu sei ir.
Ela adora a ideia e vai, toda importante, independente, feliz porque saiu sozinha na rua, ainda mais carregando dinheiro, pagando, recebendo troco, quanta responsabilidade!
Chegando na quitanda, respira fundo, se concentra e manda ver:
-EU QUERO UM MÁXIMO DE CEBOLINHA!!