quarta-feira, 3 de maio de 2017

INTERIOR

Já é madrugada. Voltando do bar, depois de tomar algumas, pé comprido, ele, mais de setenta, zuadinho, entra em casa na ponta dos pés, curvadinho, com medo de acordar a patroa.


Mas ela nem dormiu. Está acordada, esperando pelo marido.
Preocupada com o adiantado da hora, brava por conta da demora, acende as luzes da sala e quase mata o marido de susto:

_ Isso é hora de chegar?

_ Mas .... é cedo! São 10 horas!

_ Como, 10 horas? Já passa da uma da manhã. Acabou de bater uma badalada na igreja!

_ Pois então! Queria que o sino batesse também o zero?!!

Um comentário:

luis augusto simon disse...

ei, susana, vc poderia escrever um livro com esses causos todos. são muito engraçados.to rindo aqui, de manhã. menos de oito horas. um beijo